Pesquisar neste blog

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Respostas dos exercícios de geografia do 2º ano 3º bimestre


Exercício 2º ano geografia  capítulos 14 e 15

• Capítulo 14   Urbanização e redes urbanas
1.      (Pág 257) Explique o acelerado ritmo da urbanização brasileira no pós-guerra utilizando as noções de repulsão do meio rural e atração das cidades.
RESPOSTA:  Apoiou-se essencialmente no êxodo rural. A repulsão da força de trabalho do campo decorreu da mecanização agrícola e da concentração fundiária. A atração dessa população para as cidades decorreu da possibilidade do trabalho sem vínculo empregatício, e dos serviços públicos de saúde e assistência social.

3.     No processo da urbanização brasileira, o êxodo rural combinou-se com as migrações inter-regionais. Explique e exemplifique essa combinação.
RESPOSTA:  Durante décadas, o movimento migratório para o Sudeste transferiu populações do campo nordestino para as cidades de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

4. e.

5. a) As regiões metropolitanas foram definidas como estruturas territoriais especiais, formadas pelas principais cidades do país e pelas aglomerações a elas conurbadas. Tais estruturas deveriam configurar como unidades de planejamento do desenvolvimento urbano.

b) A criação das regiões metropolitanas, no início da década de 1970, representou o reconhecimento da importância social e territorial dos processos de conurbação que se realizavam em torno das principais metrópoles do país.

8.  Durante décadas, a Amazônia funcionou como a grande fronteira demográfica nacional, recebendo fluxos de migrantes oriundos do Centro-Sul e do Nordeste. Estes migrantes mantêm relações com seus lugares de origem, que se expressam em comunicações com familiares e conhecidos e viagens de visita às cidades natais. Os migrantes funcionam, assim, como veículos da influência crescente das metrópoles do Centro-Sul e do Nordeste sobre vastas áreas amazônicas.

10. a) O mapa mostra a localização dos núcleos urbanos que são sedes de municípios no estado do Paraná.
b) O mapa revela que a maior concentração de sedes de municípios localiza-se no norte do estado, onde ocorre um nítido processo de conurbação. Esse processo justifica a criação das regiões metropolitanas nucleadas por Londrina e Maringá.
11. O texto apresenta as duas causas principais para a configuração da megalópole brasileira. Os obstáculos naturais - as serras do Mar e da Mantiqueira - definiram o eixo de circulação do Vale do Paraíba, situado entre as metrópoles nacionais. Trechos da via regional de circulação, a rodovia Dutra, foram incorporados como vias de transporte intra-urbano pelas metrópoles e cidades médias do Vale do Paraíba, acarretando expansão linear das manchas urbanas ao longo desse eixo.

• Capítulo 15   Comércio exterior e integração sul-americana

1. . b.
2. O Brasil é um global trader - isto é, um parceiro global - pois exibe um comércio exterior multidirecional. As exportações e importações do país e estruturam-se sobre vários eixos importantes, com destaque para a União Européia, os Estados Unidos, América Latina e a Ásia.

3. a) No Centro-Sul, a malha rodoviária é densa, o que reflete a elevada população absoluta, a intensidade do povoamento e a existência de uma rede urbana complexa. Na Amazônia, a malha rodoviária é rarefeita, o que reflete as baixas densidades demográficas da região e a existência de poucos centros urbanos expressivos.
b) Belém-Brasília, Brasília-Acre e Cuiabá- Santarém.

4. bacia de drenagem é a rede integrada de canais que drenam as águas de determinada área.

5. a) A Hidrovia Tietê-Paraná conecta os principais pólos econômicos do Brasil ao grande pólo econômico da Argentina, percorrendo centros de produção industrial e de agropecuária moderna do Centro-Sul brasileiro e do Pampa argentino.
b) Atualmente a Hidrovia do Madeira tem, como função principal, o transporte de grãos cultivados no Centro-Oeste brasileiro até os portos exportadores da Amazônia.

6. a) Os processos mais ou menos simultâneos de redemocratização no Brasil e na Argentina e a aproximação diplomática entre os dois países formaram as condições políticas que propiciaram a criação do Mercosul.
b) A Globalização econômica e os processos de abertura comercial no Brasil e na Argentina formaram as condições econômicas que propiciaram a criação do Mercosul.

7. a) Entre  essas exportadoras, predominam Aquelas ligadas à indústria extrativa mineral e aos ramos alimentares e automobilístico. Entre as importadoras, destacam-se os ramos de telefonia, Automobilístico e petroquímico
b) Esse  e é o caso da Petrobras, da Embraer, da Bunge alimentos e de diversas montadoras automobilísticas. No caso da Petrobras, isto acontece porque a empresa é importadora de petróleo e exportadora de derivados e serviços. No caso da Bunge, destaca- se a exportação de soja e a importação de milho. A Embraer, assim como as montadoras, importa diversas peças e exporta os produtos finais.

8. a) O texto revela claramente o peso dos custos de transporte no custo final do produto. No caso da soja brasileira, mais de um terço do preço final é formado pelos custos de transporte. Esse item reduz a competitividade do produto nacional, que ainda é transportado predominantemente pelo meio mais caro - o rodoviário.

b) De acordo com os dados fornecidos, o custo de transporte de 120 toneladas de soja, num trajeto rodoviário de 600 quilômetros, é de R$ 4.032,00. Por ferrovia, o custo seria de R$ 1.152,00. Por hidrovia, de R$ 648,00.
c) Tendo em conta essa relação de custos, a política de transportes para as exportações agropecuárias deve priorizar a integração entre as ferrovias e as hidrovias.

9. a) O Mercosul é o principal parceiro comercial da Argentina, seguido pela União Européia e pelo
Nafta.
b) O Brasil é o maior parceiro comercial individual da Argentina. A parceria econômica com o Brasil tornou-se crucial para o comércio da Argentina. O intercâmbio comercial entre os dois países assenta- se sobre um processo de cooperação política iniciado em meados da década de 1980 e formalizado nos tratados do Mercosul.

10. a) Entre as principais mudanças do período 1983- 1993 destacam-se o forte aumento do intercâmbio comercial com os países do Mercosul e o declínio acentuado das importações do Oriente Médio. O primeiro fenômeno resultou da formação do Mercosul. O segundo, da redução acentuada dos preços do petróleo no mercado mundial.
b} Entre as principais mudanças do período 1993- 2003 destacam-se a redução relativa do intercâmbio comercial com os países do Mercosul e o significativo aumento do intercâmbio com a Ásia. O primeiro fenômeno resultou da crise financeira e econômica da Argentina em 2000 e 2001. O segundo, da emergência da China como grande ator no cenário comercial global.

11. a} A espinha dorsal da integração viária entre os dois países é a Estrada de Ferro Brasil-Bolívia. Sua importância regional tende a aumentar em virtude do tratado comercial firmado entre o Mercosul e a Comunidade Andina.
b} O gasoduto propicia a instalação de usinas termelétricas nas suas proximidades. A energia gerada, por sua vez, contribui para a implantação de pólos industriais.

Exercício Wállace
1.     Quais os critérios adotados legalmente no Brasil para distinguir entre população urbana e população rural.
 população urbana é o conjunto da população residente nas sedes de município ou de distrito e nas demais áreas definidas como urbanas pelas legislações municipais. População é a que vive no campo.

2.     O que são cidades globais?
são centros nodais das finanças internacionais, do comércio mundializado, dos serviços internacionais de consultoria especializada e das instituições públicas multilaterais

Compre esta linda boneca reborn e presenteie quem você mais ama
 Boneca reborn de silicone



4 comentários:

  1. muito bom me ajudou muito para elaborar minhas provas. valeu, obrigado

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!! Excelente!!

    ResponderExcluir
  3. Mim ajudou responder um trabalho mt bom

    ResponderExcluir