Pesquisar neste blog

terça-feira, 24 de abril de 2012

Conteúdo 7º ano eja geografia

·  Continente Americano
ORIGEM DA AMÉRICA Possuindo uma área de 42.560.270 Km2 o continente americano é o segundo maior continente da Terra ocupando 28 % das terras emersas, ficando atrás apenas do continente asiático. OCEANO PACÍFICO OCEANO ATLÂNTICO OCEANO ÍNDICO OCEANO ÁRTICO África Europa Ásia Oceania América do Sul América Central América Do Norte
    AS ''AMÉRICAS'' Podemos regionalizar o continente americano em duas regiões: América Latina: é uma região da América onde são faladas primordialmente línguas derivadas do latim, particularmente o espanhol, o português e, ocasionalmente, o francês. A América Latina compreende a quase totalidade da América do Sul e Central do continente. América Anglo-Saxônica: refere-se aos países do continente americano que tem como principal idioma o inglês, e que também possuam laços históricos, étnicos, linguísticos e culturais com o Reino Unido.
AS ''AMÉRICAS'' Geograficamente a América é dividida por duas grandes porções: América do Norte e América do Sul , unidas por uma estreita faixa de terras, denominada de istmo ou América Central . América do Norte América do Sul América Central
LOCALIZAÇÃO O continente americano está situado dentre todas as zonas climáticas da Terra: (polar, tropical e temperada), com exceção da zona polar antártica. Os oceanos que banham o continente são: Oeste está o oceano Pacífico, Leste Oceano Atlântico e ao Norte o Oceano Glacial Ártico.

AMÉRICA DO NORTE
GEOLOGIA E RELEVO A oeste encontramos um relevo bastante acidentado e encontramos as maiores altitudes, relacionada a dobramentos recentes, esta é uma região geologicamente instável apresentando abalos sísmicos e fenômenos vulcânicos, como os gêiseres e os vulcões. A medida que nos deslocamos ao leste as altitudes vão diminuindo até atingirmos a planície central que foi formada por um processo de deposição de sedimentos Avançando em direção ao leste as altitudes aumentam novamente e temos os Montes Apalaches formados por dobramentos antigos, ou seja montanhas que sofreram com o processo de erosão e possuem altitudes médias e baixas. Após ultrapassar essas elevações apalacheanas, veremos uma planície litorânea banhada pelo Oceano Atlântico.
HIDROGRAFIA No Canadá encontramos uma grande quantidade de lagos originado pelo aquecimento gradual das temperaturas e derretimento das geleiras, porém no extremo norte os rios mantém-se congelados. No oeste dos Estados Unidos encontramos o Rio Colorado e o internacionalmente conhecido Grande Cânion. Vários rios nos EUA têm suas nascentes nas Montanhas Rochosas e correm em direção a Planície central, desaguando no Golfo do México. O Transporte hidroviário é um importante meio de integração entre as economias canadenses e estadunidenses, pois reduz o custo do deslocamento de produtos comercializados.

CLIMAS
 Clima Polar: Temperaturas muito baixas ao longo do ano, 10ºC no verão e chegando a – 10ºC no inverno. Verões curtos e o gelo recobre a superfície por cerca de nove meses durante o ano. O bioma predominante é a tundra, composta por musgos e liquens. Animais característicos: Ursos, lobos, antílopes, entre outros. Baixa concentração de população nesta região.
Clima Frio: Ocupa grande parte do território do Canadá. Baixas temperaturas e elevadas amplitudes térmicas. Paisagem vegetal composta pelas florestas boreais, compostas por coníferas. Floresta explorada pelas indústrias de papel e celulose.
Clima Temperado: Apresenta as 4 estações do ano bem definidas, com invernos frios e verões quentes. Possuí duas variações: Temperado Oceânico: Maiores índices pluviométricos. Temperado continental: Maior rigores climáticos e amplitudes térmicas. Encontramos florestas temperadas, formada por árvores de folhas caducas, perdem suas folhas durante o inverno.
Clima Semi-Árido e Desértico: Montanhas das regiões impedem que os ventos úmidos provenientes do oceano cheguem aos planaltos entre montanhas. Baixos índices pluviométricos e as temperaturas oscilam entre 30ºC no verão e 10ºC inverno. Vegetação formada pelas estepes e desérticas compostas por plantas xerófilas.
Clima Sub-tropical: Temperaturas amenas durante o inverno e verões bastante quentes. Ocorre o fenômeno dos furacões, formado pela diferença de pressão entre os oceanos e as camadas mais altas da atmosfera. Ocorre também tornados são formados por nuvens cúmulos-nimbos e giram de forma rápida sobre o centro de baixa pressão.
Regiões de Montanha: Oeste dos Estados Unidos, encontramos o clima frio caracterizado mais pelo fator altitude do que latitude. Vegetações montanhosas que diminuem conforme se eleva a altitude

RESUMO BIOMAS
REGIÕES ÁRIDAS As grandes montanhas são responsáveis pela formação dos desertos na Planície Central Americana, Deserto do Atacama no Chile e o clima árido do sertão nordestino no Brasil. Como ocorre este fenômeno é representado neste desenho: ar úmido Vai em direção ao continente Não consegue atravessa a montanha condensa e chove Teremos uma região árida com cactáceas

AMÉRICA CENTRAL
ASPECTOS NATURAIS O relevo da América Central apresenta suas maiores altitudes na região oeste, próximo ao Oceano Pacífico. Já a porção leste é composta por altitudes bastante modestas e planícies costeiras. Na parte insular encontramos diversas ilhas formadas por fenômenos vulcânicos, onde hoje existem alguns em plena atividade. O solo da América Central é intensamente aproveitado para a agricultura regional, especialmente no cultivo de frutas tropicais e de café para o mercado externo.
 HIDROGRAFIA É constituída por rios de pequena extensão. A região montanhosa da América Central funciona como um divisor de águas, os rios que nascem nesta região correm em direção ao Atlântico ou ao Pacífico. O rio de maior expressão é o San Juan, que interliga o lago Nicarágua ao oceano Atlântico.
CANAL DO PANAMÁ O Canal do Panamá é uma grande obra de engenharia, que possibilita a passagem dos navios entre o Oceano Atlântico e Pacífico. Os EUA incentivaram a emancipação do Panamá e assumiram a construção do canal, entre 1903 e 1914. O Canal do Panamá ficou sob o domínio dos EUA até 1999 quando o controle foi entregue aos panamenhos.
CLIMA E VEGETAÇÃO A América Central está completamente na zona intertropical da Terra, a variação da temperatura fica por conta da altitude, assim quanto maior a altitude mais frio vai ser. A vegetação é formada por florestas tropicais com grande exuberância, porém sofreu algumas alterações durante o tempo de sua ocupação.
CIVILIZAÇÕES Os povos nativos na América Central eram os MAIAS ,hábeis construtores e desenvolveram a matemática e a astronomia.

AMÉRICA DO SUL

ASPECTOS NATURAIS O continente Sul Americano apresenta elevações na parte oeste do continente, entre o choque da placa de Nazca e a Placa Sul Americana se formou a Cordilheira dos Andes, está região possuí grande instabilidade sísmica, vulcões e terremotos. Seguindo ao leste encontramos a planície do Chaco, fazendo parte do Pantanal Mato Grossense. E ao leste próximo ao Oceano Atlântico encontramos a Serra do Mar, Serra do Espinhaço e Chapada Diamantina, montanhas antigas que sofreram um logo processo de erosão com altitudes baixas, inferiores a Cordilheira dos Andes.
CORDILHEIRA DOS ANDES Entre o choque da placa de Nazca e a Placa Sul Americana formou-se a Cordilheira dos Andes. É a maior cadeia de montanhas do mundo (em comprimento). Sua altitude média gira em torno de 4000 m e seu ponto culminante é o pico do Aconcágua com 6.962 m de altitude.
AMÉRICA DO SUL - HIDROGRAFIA Como já vimos a questão hidrografia sofre grande influência do relevo, a Cordilheira dos Andes, a oeste, vai ser a maior influência no caso sul americano, dessa forma, os grandes rios que compõem a rede hidrográfica da América do Sul correm em sua maioria para o Oceano Atlântico, ao leste. Os rios que se deslocam em direção ao Pacífico, a oeste, vão ser de pequenas extensões.
HIDROGRAFIA Os principais rios são: Rio Amazonas o maior rio do mundo em extensão e volume de água. Rio Orenoco grande importância como via fluvial. A Bacia Platina, formada pelos Rios Paraná, Paraguai e Uruguai com grande importância econômica na produção de energia com o Rio Paraná e navegação pelos Rios Paraguai e Uruguai. O Lago Titicaca, entre a Bolívia e Peru. E o Rio São Francisco no Brasil, importante fonte para as populações que vivem na região árida do sertão brasileiro.
HIDROGRAFIA: Rios e lagos principais:  Rio Amazonas, Rio São Francisco, Rio Uruguai, Rio Paraná, Rio Orenoco, Rio Paraguai e Lago Titicaca
 HIDRELÈTRICA DE ITAIPU Itaipu Binacional é a empresa que gerencia a maior usina hidrelétrica em funcionamento e em capacidade de geração de energia no mundo. É uma empresa binacional construída pelo Brasil e pelo Paraguai e se encontra na bácia do RIO PARANÁ.




ESTRUTURA GEOECONÔMICA DA AMÉRICA 
CONTINENTE AMERICANO O Continente Americano, devido a seus aspectos naturais e políticos, desenvolveu economias diferenciadas em cada país que o integra. Estamos nos referindo a um espaço geográfico dominado, quase totalmente, pela economia capitalista, porém este sistema expressa realidades diferentes. Estas diferenças caracterizam os países como desenvolvidos e subdesenvolvidos, veremos algumas características. New York - EUA Havana - Cuba
CONTINENTE AMERICANO – MODELO CAPITALISTA ESTADUNIDENSE Estrutura Urbana População do campo diminui em relação a população da cidade Falta de infra-estrutura para acomodar imigrantes vindos do campo Boas condições no uso das redes de transportes e de comunicação Problemas no sistema de transporte, saúde e comunicação. Centros de referências em avanços científicos e tecnológicos. Grande parte da população trabalha em subempregos sem garantias de segurança social ao trabalhador. Problemas habitacionais em menor escala. Baixos salários. DESENVOLVIDOS SUBDESENVOLVIDOS
CONTINENTE AMERICANO – ESTRURA ECONÔMICA Qualidade de Vida Elevada qualidade de vida Baixa qualidade de vida com esgotos a céu aberto, moradias irregulares, desnutrição e abandono social. Baixa taxa de analfabetismo e educação de qualidade Altas taxas de mortalidade o que interfere na qualidade de vida. Profissionais especializados e maiores salários. Carência em investimentos na infra-estrutura social como habitações e saúde. Grande poder de consumo Baixa taxa de mortalidade e alta expectativa de vida Diferenças sociais são menores. DESENVOLVIDOS SUBDESENVOLVIDOS
CONTINENTE AMERICANO – EUA O domínio do capitalismo estadunidense, está baseado em uma economia e políticas fortes, tornando as demais nações dependentes da sua economia e sujeitas ás suas determinações políticas. Outras características do capitalismo são: O capitalismo americano segue a linha do liberalismo econômico, controlando os demais países. Através da doutrina do Destino Manifesto os EUA expandiu a suas áreas de influência sobre a América. A população possuí um alto poder de consumo. A economia é baseada nas industrias e na alta tecnologia.
CONTINENTE AMERICANO – EUA No Brasil sofremos com as influências americanas, seja no modo de vida consumista, marcas de industrias americanas, rede de fast food bem como com a sua cultura. Quais são as influências que você sofre?
CONTINENTE AMERICANO – CUBA Com o fim da União Soviética, a economia cubana entra em crise, forçando o governo a abrir a sua economia ao livre mercado em vários setores produtivos, em especial o turismo. Outras fontes de recursos do governo cubano é a parceria com Hugo Chávez que fornece ao governo cubano cerca de 100 mil barris de petróleo a preço inferior. A remessa de divisas que Cuba recebe de programas de educação e saúde entre os dois países. O embargo econômico teve seu final em junho de 2009, mas a reintegração à OEA ainda depende da adequação do país em alguns aspectos econômicos. Seu regime é totalitário, por anos o poder ficou nas mão de Fidel Castro, hoje quem governa é seu irmão Rául Castro.
PAÍSES QUE COMPÕEM O NAFTA E O MERCOSUL
BLOCO ECONOMICO - NAFTA Sigla em inglês para Acordo de Livre-Comércio da América do Norte. * A cooperação estabelecida entre esses três países se limita apenas ao comércio, devido às desigualdades econômicas e sociais presentes no México,dificultando uma possível unificação da economia.   * Segundo o acordo firmado pelos três países,a eliminação das barreiras para a circulação de serviços, bens e capitais, aconteceu gradativamente.   * Após uma década de atuação,o NAFTA apresenta pontos positivos e negativos para a população dos países-membros,com exceção para as grandes indústrias norte-americanas, que foram os que mais lucraram nessa história.   * O NAFTA não surgiu com o objetivo de se transformar numa integração econômica total, como vem acontecendo com a união européia, sua função se limita ao livre comércio,porém repleto de regras favoráveis às nações ricas.    
BLOCO ECONOMICO - NAFTA O México é o único paios subdesenvolvido dentro do bloco econômico NAFTA, que conta ainda com países desenvolvidos como os EUA e Canadá. Muitas industrias migraram para o México atraídas pelos baixos salários pagos aos trabalhadores. O país teve um considerável aumento em sua economia, porém não apresentou melhorias significativas no padrão de qualidade de vida. As desigualdades econômicas, sociais e tecnológicas do México em relação aos Estados Unidos e ao Canadá impedem a concorrência de seus produtos Atualmente seu comércio exterior limita quase na totalidade com os norte-americanos. O México acabou se restringindo à condição de fornecedor de matéria-prima e de mão de obra barata.    
BLOCO ECONOMICO - MERCOSUL Mercado Comum do Sul * O MERCOSUL se encontra no estágio de união aduaneira, isto significa que as mercadorias produzidas nos países integrantes podem ser importantes livres das barreiras alfandegárias.   *A intenção do bloco está em desenvolver futuramente um mercado comum, possibilitando a livre circulação de trabalhadores nos países-membros,além dos produtos.   *As decisões políticas ou econômicas que envolvem o MERCOSUL são tomadas por consenso com a participação de todos os estados participantes. Ainda que o Brasil detenha maior poder econômico,seu poder de decisão,legalmente é o mesmo dos demais países.   *Desde outubro de 1994, o MERCOSUL investe em negociações com a União européia,alguns progressos foram obtidos,porém a maior dificuldade está em competir com os produtos agrícolas europeus,por possuírem forte proteção através dos subsídios fornecidos pelos governos.    
FONTE WINKIPÉDIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário